Disciplina - Língua Estrangeira Moderna

Mr. Nobody - The Mommy and the Daddy

Mr. Nobody, drama de ficção científica, 2009, Bélgica/Canadá/França/Alemanha, 138min.; COR. Direção: Jaco Van Dormael.

Mr. Nobody é um filme exigente, que reúne informações de várias áreas do conhecimento para processar um roteiro que gira em torno do personagem Nemo Nobody. Entre as informações necessárias para compreender a história destacam-se a Física Quântica e a Teoria das Cordas. Assim como Efeito Borboleta e outros filmes hollywoodianos, Mr. Nobody explora a temática das realidades paralelas, do fluxo temporal e das diferentes dimensões da existência humana.



Nobody (um nome que ao mesmo tempo exclui e inclui todos os humanos) é o último humano a morrer de velhice, pois não foi submetido ao processo de renovação celular que marca a sociedade de fins do século 21. Em seus últimos dias de vida, não se lembra quem é, mas relata ao seu psicanalista e também a um jornalista informações aparentemente desconexas que, como num quebra-cabeças, constituem sua história - ou, mais apropriadamente falando, suas histórias possíveis - com diferentes esposas e diferentes trajetórias de vida. Ao mesmo tempo que ele fornece essas informações, é mostrado em várias idades diferentes (inclusive antes de nascer), e fica para as pessoas (e o espectador) a tarefa de compreender quem ele realmente é.



Vários são os elementos que se repetem no filme representando os limites e potencializadores de tempo, espaço e realidade, tais como o relógio - normalmente mostrando o tempo 9h 15min - e as cores (relacionados às esposas de cada realidade). Além disso, é frequente ao longo do filme a música Mr. Sandman (The Chordettes, 1954), que faz referência a um personagem do folclore popular anglo-saxônico, responsável por trazer o sono e os sonhos às pessoas. Tal referência é importante para a narrativa, uma vez que indica a preocupação de definir quem é responsável pela nossa história, e se esta é real ou uma ilusão.



Neste trecho, Nemo Nobody se lembra de sua existência antes de nascer. Segundo seu relato, todos os humanos se lembram de tudo o que acontecerá em seu futuro (tempo em múltiplas direções), mas quando têm de escolher seus pais para "nascer", esquecem de tudo devido a um toque dos "angels of oblivion" (anjos do esquecimento) que lhes toca no lábio superior e lhes deixa um sinal. Ocorre, porém, que Nemo é omitido pelos anjos e por isso nasce enxergando o futuro. Na sequência, são mostrados vários casais falando sobre o que pensam sobre o fato de serem pais, e Nobody escolhe (ou "destina") duas pessoas para serem o seu "Daddy" e a sua "Mommy". Como mencionado, uma das discussões do filme é sobre o poder de cada indivíduo como o "Grande Arquiteto" de sua própria existência, definindo o futuro em seus mínimos detalhes (número sete indicando a perfeição das escolhas). A linguagem do mito, da religião e da ciência se misturam, indicando que a abordagem científica cartesiana não consegue dar conta da realidade.

Idioma/Legenda: Inglês/Inglês

Palavras-chave: Lenda. Linguagem. Gênero textual. Lembrança. Destino. Família. Entrevista.

Duração: 03min53

  • 11887
  • 1378
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações