Disciplina - Língua Estrangeira Moderna

Guerre des Boutons - Le pomme d amour

“A Guerra dos botões” é a quarta adaptação para o cinema do livro homônimo de Louis Bergaud. Aborda o dia a dia das crianças de dois vilarejos rivais (Longeverne e Velran), no interior da França, cujos maiores desafios são a vida escolar, a autoridade dos adultos e o objetivo de vencer os “inimigos” (retirando destes todos os botões das roupas). O líder dos meninos Longeverne, William Lebrac, tem sobre si a responsabilidade de ajudar a mãe no sustento da casa, depois que o pai faleceu. Ele se sente revoltado, mas seu ímpeto é enternecido pela paixão por Lanterna, que quer a todo custo fazer parte do bando de garotos.



Nesta cena, diante das críticas dos colegas pelas dificuldades enfrentadas, Lebrac defende que continuem lutando pela independência. Para angariar fundos para uma festa no “Ministério das Crianças”, Lebrac sugere que os meninos comercializem, na feira local, objetos que eles mesmos confeccionam, além de pássaros, desafio aceito pelas crianças. À parte das ações do grupo, Bacaillé recebe proposta para trair o grupo, e se vende por uma maçã do amor, que quer dar para uma menina por quem é apaixonado. Destacam-se: a) a utilização de expressões próprias de situações de negociação, e também da utilização de numerais; b) os sentidos velados da fala de Asteca e os meninos de seu bando.



La guerre des boutons, comédia, França, 2011, 105min.; COR. Direção: Yann Samuell.



Palavras-chave: negócio, feita, comércio, dinheiro, quantidade, números, ética.

  • 11993
  • 1291
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações