Disciplina - Língua Estrangeira Moderna

O último samurai - choque cultural

“O último samurai” conta a história de Algren, um herói de guerra estadunidense impactado pelas atrocidades cometidas contra os inimigos oficiais de seu governo. Alcoolizado e desanimado, aceita uma proposta de Omura, industrial japonês, para destruir a resistência samurai contra o exército governista. Essas milícias guerreiras tradicionais atrapalham os planos de expansão de Omura, num Japão que está deixando as tradições e entrando numa era de industrialização e intenso comércio com o Ocidente. Durante um confronto, Algren é capturado e levado para o vilarejo do líder samurai, Kstsumoto, onde é mantido durante meses. Durante esse período, Algren se recupera do alcoolismo e aprende o valor da honra, redefinindo sua identidade e sua razão de viver.



Nesta cena, Katsumoto e seus soldados chegam à aldeia levando o Capitão Algren como prisioneiro. Passados alguns dias, ele retoma a lucidez e se dá conta de que está vivendo na casa de uma família tradicional japonesa. Katsumoto prefere não matá-lo, pois quer aprender mais sobre seu inimigo, a quem respeita. No trecho destaca-se, em primeiro lugar, a paisagem rural do Japão do período Meiji (último quartel do século XIX), com suas montanhas cobertas de neve, um torii (portal - 鳥居) na entrada do vilarejo. Também são dignos de nota detalhes como as mesuras dos habitantes quando os guerreiros chegam, e o vestuário das pessoas, os hábitos domésticos (hospitalidade, perfeccionismo, limpeza, simplicidade), os cantos religiosos, elementos a partir dos quais se pode trabalhar com descrição e vocabulário.



The Last Samurai, ação, aventura, drama, EUA, 2003, 154min.; COR. Direção: Edward Zwick.



Palavras-chave: Japão, interior, montanhas, roupa, diálogo, descrição, costumes, ritos, figurino.

  • 12309
  • 382
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações